• Institucional
  • Benefícios
  • Investimentos
  • Orgãos Colegiados
  • Educação Previdênciária
  • Agenda de Reuniões
  • Legislação
  • Transparência
  • Serviços
  • Controle Interno
  • Pericia Médica
  • Pró-Gestão

Perguntas Frequentes


  • Quais são os benefícios previdenciários devidos aos segurados?
  • Quais são os benefícios previdenciários devidos aos dependentes?
  • O que é o benefício do auxílio-doença?
  • Qual é o objetivo do pagamento de auxílio-doença?
  • Quem é responsável pelo pagamento do auxílio-doença?
  • E quem fica responsável pelo pagamento no período anterior aos 15 dias?
  • Como é feita a prova da incapacidade para que se possa ter direito ao auxílio-doença?
  • O que é o benefício do salário-maternidade?
  • Qual é o objetivo do pagamento do salário-maternidade?
  • O que é o benefício da aposentadoria por invalidez?
  • Quando ocorre a incapacidade?
  • Qual é o objetivo do pagamento da aposentadoria por invalidez?
  • Quem é responsável pelo pagamento da aposentadoria por invalidez?
  • A aposentadoria por invalidez poderá ser cancelada?
  • O que é o benefício da aposentadoria compulsória?
  • Qual é o objetivo do pagamento da aposentadoria compulsória?
  • O servidor público que atingir os 75 anos de idade pode continuar trabalhando?
  • Quem é responsável pelo pagamento da aposentadoria compulsória?
  • O que é o benefício da aposentadoria voluntária por tempo de contribuição e idade?
  • Qual é o objetivo do pagamento da aposentadoria voluntária por tempo de contribuição e idade?
  • Quem é responsável pelo pagamento da aposentadoria voluntária por tempo de contribuição e idade?
  • E o professor? Encontra-se obrigado ao cumprimento dos mesmos requisitos de idade e tempo de contribuição?
  • O que é o benefício da aposentadoria voluntária por idade?
  • Qual é o objetivo do pagamento da aposentadoria voluntária por idade?
  • Quem é responsável pelo pagamento da aposentadoria voluntária por idade?
  • O que é o benefício da pensão por morte?
  • Qual o objetivo do benefício da pensão por morte?
  • Quem é responsável pelo pagamento da pensão por morte?
  • Na hipótese do segurado ativo preencher todos os requisitos para concessão das aposentadorias voluntárias, poderá optar por permanecer em atividade?
  • O que é o abono de permanência?
  • Qual o valor do abono de permanência?
  • Quem é responsável pelo pagamento do abono de permanência?
  • Qual é o objetivo do pagamento da aposentadoria voluntária por tempo de contribuição e idade?
  • O que é o benefício da aposentadoria voluntária por tempo de contribuição e idade?
  • Quem é responsável pelo pagamento da aposentadoria compulsória?
  • Qual é o objetivo do pagamento da aposentadoria compulsória?
a) aposentadoria voluntária por tempo de contribuição e idade; b) aposentadoria voluntária por idade; c) aposentadoria por invalidez permanente; d) aposentadoria compulsória; e) salário família; f) salário maternidade.
a) pensão por morte; b) auxílio reclusão.
É o pagamento que substituirá os vencimentos do segurado que se encontre em estado de incapacidade temporária para o trabalho em virtude de doença por período superior a 15 dias.
Amparar economicamente o segurado que é atingido por doença capaz de deixá-lo incapacitado para o exercício de suas atividades funcionais, abalando sua capacidade de auto sustento.
O IPREV.
A Prefeitura.
Por meio da realização de perícia médica, que ficará sob a responsabilidade do IPREV.
É o pagamento mensal que substituirá os vencimentos da segurada que der a luz ou adotar criança.
Proteger economicamente a segurada que se encontre em estado de incapacidade temporária para o trabalho em virtude do parto ou da adoção; e permitir que a segurada possa atender às necessidades de amamentação e demais cuidados que devem ser dispensados à criança durante os primeiros meses de sua vida.
É o pagamento mensal que substituirá os vencimentos do segurado que se encontre totalmente incapacitado para o exercício de suas atividades funcionais e cuja reabilitação não seja possível.
Quando o segurado é atingido por doença capaz de deixá-lo incapacitado para o trabalho de forma permanente.
Amparar economicamente o segurado que se encontra em um estado físico ou mental que o impossibilite totalmente de trabalhar e de prover o seu sustento.
O IPREV.
Sim. Desde que o segurado se reabilite e recupere as condições físicas e mentais necessárias para o exercício de seu trabalho.
É o pagamento mensal de valor proporcional ao tempo de contribuição devido ao segurado que atingiu a idade de 75 anos.
Amparar economicamente o segurado que atingiu o limite máximo de idade para prestar serviços junto ao Poder Público Municipal.
Não! A aposentadoria é obrigatória (compulsória) quando o servidor público atingir a idade de 75 anos, devendo suspender suas atividades funcionais no dia imediato após completar 75 anos de idade.
O IPREV.
É o pagamento mensal ao segurado que preencha os seguintes requisitos, cumulativamente: tempo mínimo de 10 anos de efetivo exercício no serviço público; tempo mínimo de 5 anos de efetivo exercício no cargo em que se dará a aposentadoria; 60 anos de idade e 35 anos de contribuição, se homem; 55 anos de idade e 30 anos de contribuição, se mulher.
Amparar economicamente o segurado que pretende encerrar suas atividades funcionais, tendo em vista a ocorrência dos requisitos exigidos pela lei para esta espécie de aposentadoria.
O IPREV.
Não. O professor que comprovar que desenvolveu suas atividades exclusivamente no exercício da função de magistério, na educação infantil e nos ensinos fundamental e médio terá os prazos de idade e de tempo de contribuição reduzidos em 5 anos.
É o pagamento mensal de quantia cujo valor é proporcional ao tempo de contribuição devido ao segurado que preencha os seguintes requisitos, cumulativamente: tempo mínimo de 10 anos de efetivo exercício no serviço público; 5 anos de efetivo exercício no cargo em que se dará a aposentadoria; 65 anos de idade, se homem; 60 anos de idade, se mulher.
Amparar economicamente o segurado que pretende encerrar suas atividades funcionais, tendo em vista a ocorrência dos requisitos exigidos pela lei para esta espécie de aposentadoria.
O IPREV.
É o pagamento mensal ao dependente ou dependentes do segurado ativo (servidor público em atividade) ou inativo (servidor público aposentado) que vier a falecer.
Amparar economicamente aqueles que dependiam da remuneração do segurado ativo e dos proventos do aposentado para sua sobrevivência.
O IPREV.
Sim. Neste caso o servidor poderá requerer o seu abono de permanência que terá vigência até que o segurado solicite sua aposentadoria ou complete a idade limite para a aposentadoria compulsória.
É o pagamento mensal ao segurado da ativa que optar por permanecer em atividade mesmo preenchendo os requisitos para a concessão da aposentadoria voluntária de acordo com as regras que dão direito ao mesmo.
O valor correspondente da contribuição previdenciária descontada mensalmente do segurado e recolhida ao IPREV.
A Prefeitura ou o ente público para o qual o servidor presta seus serviços, tendo em vista que o abono de permanência não se trata de benefício previdenciário.
Amparar economicamente o segurado que pretende encerrar suas atividades funcionais, tendo em vista a ocorrência dos requisitos exigidos pela lei para esta espécie de aposentadoria.
É o pagamento mensal ao segurado que preencha os seguintes requisitos, cumulativamente: tempo mínimo de 10 anos de efetivo exercício no serviço público; tempo mínimo de 5 anos de efetivo exercício no cargo em que se dará a aposentadoria; 60 anos de idade e 35 anos de contribuição, se homem; 55 anos de idade e 30 anos de contribuição, se mulher.
O IPREV.
Amparar economicamente o segurado que atingiu o limite máximo de idade para prestar serviços junto ao Poder Público Municipal.